A tabela sem 2

Home/Destaque/A tabela sem 2

A tabela sem 2

Como tornar prática – útil e simples – a atribuição de nota de desempenho a um processo complexo.

Ocorre com razoável frequência: temos um item de controle importante, para o qual não encontramos um indicador que realmente cubra nossas preocupações. Neste caso,

Como caracterizar seu desempenho por um só número?

A solução tradicional consiste em estabelecer diversos atributos críticos, conferir peso de prioridade a cada um deles, e obter a nota final somando os produtos das notas pelas prioridades.
Entre outros, esta solução simples traz dois inconvenientes:

a.   Há uma tendência de se formar uma nuvem de resultados com pequena diferença, dificultando a definição de onde precisamos agir;

b.   num atributo de baixa prioridade, podem existir condições que são tão ruins, que precisariam refletir esta condição na nota final.

 

Para continuar lendo, clique aqui.

 

Autor: Claus Süffert

Em Novembro de 1996, Claus Süffert plantou uma semente chamada Quality Inn, germinada pela sua experiência profissional em empresas de grande porte, como os 5 anos em que trabalhou na Petrobrás e a sua carreira de 25 anos no Grupo Gerdau. Foi durante esse período na Gerdau que teve seu primeiro contato com os conceitos de Gestão da Qualidade Total, método que futuramente serviria de base para a sua própria empresa.

2018-11-07T15:01:27+00:00 7 / nov / 2018|Destaque|